Uma falha de segurança do Google Chrome possibilita o download de filmes e séries do Netflix

Não, não foi revelado como explorar a falha.

Segundo o site Wired, uma dupla de pesquisadores de segurança descobriram uma falha no sistema Widevine EME/CDM, do Google Chrome, sistema esse que permite a transferência de conteúdo de vídeo criptografado. Segundo eles, essa falha possibilitaria o download de serviços de streaming como Netflix e Amazon Prime.
Alexandra Mikityuk e David Livshits, a dupla que que fez a descoberta, revelaram ao Google a falha em seu sistema no dia 24 de maio, porém, a empresa ainda não a corrigiu. Para aumentar a pressão, eles trouxeram à público (sem revelar como explorar essa fraqueza, é claro).
Segundo os pesquisadores, a falha está presente, na verdade, no browser de código Chromium, onde o Chrome é baseado, portanto, qualquer desenvolvedor malicioso poderia criar uma versão do browser, explorando a falha e disponibilizá-lo ao público.
O recurso Widevine está presente em outros browsers, como Firefox e Opera, mas a mesma falha não está presente nesses.
A empresa ainda não se pronunciou sobre o caso.
A seguir, você verá um vídeo onde a falha é mostrada em ação: