Vamos falar das reações das pessoas que assistiram o trailer. (se você ainda não assistiu, clique aqui) John Boyega, o Finn, reagiu de maneira hilária ao trailer. Daisy Ridley, que interpreta a protagonista Rey no novo filme, se emocionou ao ver o trailer finalmente lançado. E não foi pouco. Até mesmo Guilherme Briggs, a eterna voz do Superman, postou um vídeo com a sua reação ao assistir. E com certeza, muitos fãs irão se identificar com os vídeos.

Staying in a little b’n’b with my friend… Set an alarm to watch the trailer… My friend filmed my reaction. Totally emotional seeing it for the first time and so so so incredibly awed to be part of this incredible legacy #starwars #theforceawakens Um vídeo publicado por @daisyridley em

IMPACTO CULTURAL

É extremamente difícil encontrar uma franquia, ou mesmo um filme que data de 1977, que até hoje conquista uma legião de fãs pelo mundo. Esse seria apenas um dos motivos que tornam Star Wars tão importante até os dias de hoje.

Os três primeiros filmes foram um sucesso que estava à frente de seu tempo. Nem mesmo os atores que participaram da trilogia original podiam imaginar as proporções que a franquia ganharia. Com a trilogia mais recente, que conta os eventos que antecedem a trilogia original, não foi diferente. Há aqueles que gostam, há aqueles que não gostam, mas os SEIS filmes, todos os jogos lançados (é realmente difícil encontrar um jogo com a marca Star Wars que apresente qualidade duvidosa), quadrinhos e livros que expandiram o universo da saga completam o conjunto da obra de forma magistral, e isso, somado com o carisma dos atores e personagens, as infinitas possibilidades de criação de histórias naquele universo acabaram por transformar Luke Skywalker, Darth Vader, Han Solo e Leia Organa em alguns dos personagens mais famosos da história. Goste ou não, quem nunca ouviu falar de Darth Vader ou R2-D2? Até mesmo o Sabre de Luz, famosa arma dos Cavaleiros Jedi, é facilmente reconhecido por qualquer pessoa que tenha o mínimo de conhecimento sobre filmes e afins.

Em 1999, a coisa não foi diferente. Multidões vestidas de personagens da trilogia original se enfileiraram em frente aos cinemas do mundo todo. Alguns passavam mais de uma noite lá, tudo para garantir um assento e assistir a um dos filmes mais esperados de todos os tempos. O resultado pode não ter agradado a todos, mas com certeza é uma lembrança que somente os fãs que lá estavam irão compreender.

Desde o icônico capacete, até suas frases mais marcantes. Darth Vader conquistou os quatro cantos do mundo, e até ganhou um dia para chamar de seu. Trata-se do dia 4 de maio, Dia Internacional de Star Wars, comemorado por fãs ao redor do mundo. A data surgiu como uma brincadeira com a frase “May the Force be with you” (Que a Força esteja com você, no português). A frase foi dita em diversos momentos da franquia, por diversos personagens. Em inglês, o mês de maio traduz-se como “May”, enquanto o quarto dia é “Fourth”, tendo uma pronúncia parecida com “Force”. Os fãs não perderam tempo e criaram a data comemorativa.

Se já não bastasse, muitas das frases e acontecimentos do filme se tornaram jargões populares em diversos países que possuem o inglês como língua nativa. Infelizmente, poucas dessas frases são popularmente aceitas por aqui. Alguém mais tem um mau pressentimento sobre isso? 🙂

Anakin-Skywalker

COMO STAR WARS MUDOU O CINEMA

Antes de “Uma Nova Esperança”, os efeitos especiais em filmes não haviam tido muitos avanços desde os anos 1950. Star Wars conseguiu, em termos de efeitos especiais, promover a imersão que “2001: Uma Odisseia no Espaço”, de Kubrick, não havia conseguido. O que hoje pode parecer datado para alguns, na época maravilhou muitos marmanjos, que pela primeira vez tinham a oportunidade de acompanhar combates espaciais de tal magnitude. Se hoje conseguimos imaginar batalhas espaciais frenéticas e filmes de ficção científica com roteiros mais profundos, filmes focados em conflitos internos e questões sociais. Tudo isso, de alguma forma foi influenciado por Star Wars, que é claro, foi precedido pela também franquia de sucesso Star Trek, que dava as caras na TV em 1966. Até mesmo políticos já disseram o famoso “May the 4th be with you”, durante um debate na TV.

Por duas vezes Star Wars conseguiu revolucionar os efeitos especiais, tanto em 1977 quanto em 1999, quando a franquia retornou com “A Ameaça Fantasma”. A Industrial Light & Magic, responsável pelos efeitos de Star Wars, participou ainda do processo de pós-produção de Homem-Aranha, Vingadores e muitos outros filmes que temos hoje.

E se você ainda não entendeu o significado do retorno de Star Wars, pense na primeira vez em que viu Christopher Reeve voar como Superman. Pense em como você se sentiria ao poder vê-lo voando novamente em 2015. Lembra daquele jogo de futebol que marcou a sua vida para sempre? Pense em como seria reviver aquele momento ao vivo, no mesmo estádio em que ele aconteceu, com todas aquelas pessoas que fizeram parte do momento.

É ESSA A SENSAÇÃO. Principalmente para nós, que ainda não tínhamos nascido para ver tal espetáculo.

Será que com a estreia de “Star Wars: O Despertar da Força” veremos mais uma revolução no cinema? Se depender dos fãs, do hype criado em cima de tudo isso, a resposta é NÃO.

Será muito mais que isso.

Star Wars: Episódio VII” se passa trinta anos após os acontecimentos de “Episódio VI: O Retorno de Jedi” e terá um trio de jovens protagonistas.

Sua estreia nos cinemas brasileiros está programada para 17 de dezembro de 2015.

tiefighter