Que evento, meus amigos! Fomos presenteados com o retorno de personagens consagrados, tais como Link, em seu jogo que já havia sido anunciado e mostrado em um breve teaser, Kratos, na esperada sequência de God of War 3, e por último, mas não menos importante, Crash Bandicoot, personagem que serviu como mascote da Sony durante a era do PlayStation 1.
zeldinha
Bora começar pelo que reinou soberano nessa E3? Apesar de acirrado, o evento foi tomado por uma legião de fãs que foi à loucura com a exibição e a demo jogável do novo game da série The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

Imagem mostra os games mais pesquisados na semana passada, e The Legend of Zelda lidera, seguido por God of War e Battlefield 1.
Imagem mostra os games mais pesquisados na semana passada, e The Legend of Zelda lidera, seguido por God of War e Battlefield 1.

O game retorna às origens, enquanto inova com elementos nunca antes vistos na franquia, sem deixar de lado aquilo que consagrou e nos fez amar as aventuras de Link e Zelda.
O mundo é completamente explorável. É imenso e bonito. Há animais correndo, há pessoas e cidades espalhadas por aí (embora não estejam presentes na demo para evitar spoilers), com diferentes objetivos e missões para lhe dar, bem como informações que lhe ajudarão a entender o que está acontecendo naquele mundo.
É melhor você conferir por conta própria, pois tem muita coisa linda nesse jogo, que é um MUST para os fãs da Nintendo e de RPG’s.

Se isso ainda não te convenceu, confira o TOP 10 das melhores coisas que aconteceram durante o gameplay de Breath of The Wild, segundo o youtuber GameOver Jesse.

Tenho que dizer que, como fã assumido da franquia, esse é o jogo que eu mais quero possuir até agora, sem desmerecer os outros games apresentados, claro.
gow4
Kratos está de volta com sua fúria espartana. Após dizimar os deuses gregos, o guerreiro se vê numa ambientação diferente, que promete ser muito mais brutal: a mitologia nórdica.
O game não é um reboot ou universo paralelo da franquia original, segundo o produtor da série. Um outro ponto que corrobora essa informação é a cicatriz que Kratos adquiriu nos games anteriores, que se faz presente neste.
O game não recebeu apenas uma mudança visual. Toda a jogabilidade foi renovada, dando lugar a um jogo mais cinemático, menos mata-mata.

Eu sinceramente pensei que o Kratos fosse dilacerar o garoto, mas no fim das contas, ele está aprendendo a ser um bom pai. Prepare-se para explorar o lado humano de Kratos como nunca visto antes. O matador de deuses estará presente do começo ao fim do jogo, algo que leva um mar de dúvidas sobre o personagem morrer lá pra metade do jogo e ser substituído por seu filho. E sim, as pessoas estavam preocupadas com isso em fóruns e vídeos do youtube.
detroit
A primeira coisa que eu pensei quando assisti ao trailer foi Life is Strange. Detroit: Become Human é um jogo diferente. Não espere roubar carros, disparar freneticamente em seus inimigos, ou destruir o ambiente ao seu redor. As escolhas do jogador são o que movem o jogo.
Com um nível de imersão absurdo, Detroit chega para os fãs de jogos que desafiam o raciocínio e fazem o jogador medir cada escolha, temendo cada consequência. O jogo apresentará diversos personagens jogáveis, entre eles Kara, uma androide que escapa da fábrica, visando explorar sua consciência recém descoberta, e Connor, um androide detetive que tem como missão caçar androides que fogem de sua programação original, tais como Kara e o androide que pode ser visto no trailer abaixo.
David Cage, produtor do jogo, disse que a cena vista no trailer possui seis finais diferentes. A duração total do jogo será de 10 horas, contudo, os jogadores devem jogar o game mais vezes, buscando finais alternativos.
Para aqueles familiarizados com o gênero, não é nenhuma surpresa saber que o jogo não possui game over. Se um personagem morreu, é fim da linha para ele, assim como em jogos similares, como Life is Strange.

A qualidade do jogo é de encher os olhos, e mal posso esperar para entrar na pele dos androides.
deathstranding
Death Stranding foi uma das maiores e mais gratas surpresas da E3. Com um trailer empolgante e visual incrível, o game marca o retorno de Hideo Kojima ao mundo dos games, e traz Norman Reedus, o Daryl de The Walking Dead como protagonista.
O game promete ser um marco dessa geração.

Estou sem palavras.
ffxv
Sim, eu sei que Final Fantasy XV já foi anunciado há algum tempo, mas não poderia deixar de falar desse jogo, quando ele representa um baita upgrade para a franquia suprema dos RPG’s. Junto com The Legend of Zelda, é um dos jogos que mais espero jogar.
As novidades da vez foram a otimização do jogo no Xbox One e a disponibilidade do jogo para o PS VR, óculos de realidade virtual da Sony, o que é no mínimo, incrível.

O protagonista Noctis me lembra muito um personagem de um mangá bem famoso
halowars2
Quando perguntado sobre minha franquia de games favorita, eu não hesito em dizer “The Legend of Zelda”, mas logo após sou obrigado a dizer “Halo”. Mais conhecido pelos jogos em primeira pessoa, que fizeram escola desde o primeiro lançamento para o Xbox original, Halo também está presente em outras mídias e gêneros, como por exemplo Halo: Spartan Assault e Halo: Wars, que apresentam uma visão isométrica, isto é, o jogador vê o ambiente como se estivesse acima de toda a ação.
Halo Wars 2 é um jogo de estratégia em tempo real, proporcionando ação frenética e um enredo digno da franquia Halo. Por isso, muitos fãs clamaram por uma sequência, e tiveram seus pedidos atendidos.
O jogo faz parte da iniciativa Play Anywhere, onde quando um jogador de Xbox One compra um jogo, ele pode desbloquear a versão do jogo para PC sem pagar nada, e vice-versa. Legal, né? Halo Wars chegará para Xbox One e Windows 10 em fevereiro de 2017.

Que trailer maravilhoso foi esse?
tlg
Finalmente! O sucessor espiritual de Shadow of the Colossus foi anunciado na E3 de 2009, e desde então, poucas novidades surgiram sobre o jogo, e a última vez que algo foi exibido, foi na E3 2015. Agora, com data de lançamento para 25 de outubro deste ano, o trailer de The Last Guardian foi um dos mais belos e mais legais de se assistir, devido ao hype e longa espera pelo título.

Que coisa linda!
bf1
O mais novo jogo da franquia Battlefield surpreendeu e muito. Ambientado na primeira guerra mundial, Battlefield 1 promete jogabilidade frenética e destruição como nunca vistos antes em um FPS. Com direito a exibições de multiplayer e um trailer embalado por Seven Nation Army, o game é compra certa para os fãs de guerra e videogames.

Vem BF!
spidey
O personagem mais querido da Marvel ganha um novo jogo exclusivo para o PS4. Aqui teremos um Peter Parker mais experiente, que já veste o manto de herói há anos. O vilão parece ser o Senhor Negativo, visto que a maioria dos inimigos usa uma máscara similar àquelas utilizadas pelos capangas do vilão nos quadrinhos.
O trailer mostra algo que parece uma junção dos três uniformes já vistos no cinema, desde a franquia de Sam Raimi (aranha das costas), passando pelo Espetacular Homem-Aranha (aranha do peito), e o uniforme utilizado em Capitão América: Guerra Civil (design das lentes sobrepostas, com o propósito de emular o movimento dos olhos). Apesar disso, a produção do game deixou claro que este é um Homem-Aranha totalmente novo, sem qualquer relação com os quadrinhos ou filmes do herói.
A exclusividade com a Sony promete trazer um game incrível do herói, que deve dar início a um universo de games da Marvel.

O trailer mostra que a improvisação é o foco do jogo. Existem diversas maneiras de chegar ao seu destino e completar seus objetivos, seja por cima dos prédios, ou por dentro de um restaurante.
crashisbackskylanders
Por último, mas não menos importante: CRASH ESTÁ DE VOLTA!
Eu sei, o jogo em questão não é dele. Trata-se de Skylanders Imaginators, onde o herói estará disponível. Mas não é só isso, a Sony anunciou que os três primeiros jogos de Crash serão remasterizados e trazidos para a nova geração. TESTEMUNHEM!

Infelizmente não tivemos um trailer dos remasters, mas está claro que o personagem está voltando aos poucos, e se vender bem, devemos esperar um novo jogo com o personagem em breve.
UPGRADES
Vamos falar de algo que anima e preocupa os gamers da geração atual: os upgrades.
Microsoft, Nintendo e Sony estão trabalhando em novas plataformas, mais potentes que as atuais, sem perder o público das plataformas atuais. Ora, veja bem, não se trata de uma nova plataforma, mas uma versão alternativa e mais potente.
O Project Scorpio, da Microsoft, por exemplo, é uma verdadeira máquina de combate, possuindo 8 núcleos, 320gb de memória, e seis teraflops de performance, algo que permitirá que o jogador experimente jogos em FULL 4K. O sistema deverá ser, pelo menos, 4 vezes e meia mais potente que o Xbox One atual, segundo Phil Spencer, chefe da divisão do Xbox. Além do Scorpio, a Microsoft ainda anunciou uma versão slim do Xbox One, o Xbox One S. Vale lembrar que todas as versões do Xbox One terão a mesma biblioteca de jogos, o que deixa claro que comprar uma nova versão é completamente opcional, e não possuir uma versão mais recente não trará desvantagens aos jogadores, ao menos por enquanto.
A Sony também anunciou o PlayStation 4.5/4K/Neo, que também é uma versão quatro vezes mais potente que o PS4 atual. O que preocupa as desenvolvedoras menores e independentes, tanto em relação ao Scorpio quanto ao PS4.5, é a dúvida de quanto irá custar para produzir games para estas plataformas, algo que pode mudar o mercado de games, favorecendo apenas as grandes produtoras. Isso iria contra as iniciativas da Sony e da Microsoft para com os jogos indie, então só resta esperar para saber.
Enquanto dúvidas pairam sobre as duas plataformas da Sony e da Microsoft, a Nintendo traz o misterioso NX à tona. Agora é tudo bastante oficial, mas ainda sem muitos detalhes. A única coisa que parece concreta sobre a nova plataforma, é que ela não é tão complexa para se desenvolver jogos como aconteceu com o Nintendo Wii U, que acabou por afastar as grandes produtoras, e apresentou especificações inferiores às de seus concorrentes.
A Nintendo deixou claro que o NX não é focado em hardware, mas na experiência de jogo. É difícil saber o quão superior o hardware do NX será em comparação com o do Wii U, já que as informações ainda são muito desencontradas. No último ano, produtoras falaram sobre a possibilidade de o NX possuir um hardware superior às plataformas atuais, mas tudo ainda não passa de especulação. Novamente, temos que esperar para ver.
É claro que muitos outros jogos e novidades marcaram presença e trouxeram bastante empolgação, como Days Gone, Titanfall 2 e South Park. Faltou algum jogo que você gostou? O que mais te empolga nessa geração? Não deixe de comentar!